sábado, 16 de abril de 2016

1993 - Olho no Olho

        
        
          Olho no Olho foi uma  telenovela  brasileira  produzida e exibida no horário das 19 horas  pela Rede Globo, de 6 de setembro de1993 a 8 de abril de 1994, substituindo O Mapa da Mina  e sendo substituida por A Viagem, em 185 capítulos.

          Foi escrita por Antônio Calmon, colaboração de  Maria Carmem Barbosa e Tiago Santiago  e dirigida por Ricardo Waddington.

          A trama apresentou Tony Ramos, Natália do Vale,  Reginaldo Faria, Nico Puig, Felipe Folgosi, Maria Zilda Bethlem, Patrícia de Sabrit e Helena Ranaldi nos papeis principais.


SINOPSE:

          A trama tem início em Roma, quando Armando revela em confissão ao padre Guido Bellini que é procurado por uma organização criminosa liderada por um jovem com poderes paranormais. Algum tempo depois, Guido descobre que Armando morrera e, culpado por não ter tentado impedir o assassinato daquele homem, decide largar a batina e voltar para o Brasil.

          Na cidade de São Paulo, Guido passa a se dedicar ao estudo da paranormalidade no intuito de combater a organização liderada por César Zapata (Reginaldo Faria) e seu sobrinho Fred (Nico Puig), o jovem poderoso a quem Armando se referira. Para enfrentar os Zapata, Guido conta com a ajuda do também paranormal Alef (Felipe Folgosi), um jovem que ainda não tem pleno domínio de seus poderes.



          Paralelamente ao combate à organização criminosa, Guido vive um romance com Débora (Natália do Vale), mãe de Alef. Seu principal oponente, César, também gosta de Débora e faz tudo para afastá-la de Guido. Ele arma uma verdadeira guerra contra o ex-padre, usando os poderes malignos de Fred.

          Valquíria (Maria Zilda Bethlem) é cunhada de Cesar Zapata, viúva, mora na casa do vilão e assim como ele sonha em ver Fred na presidência Do Brasil, tem com Cesar uma relação de amor e ódio com sujeitando-se a todas as suas exigências.

          Malena (Helena Ranaldi) é amiga de infância de Guido, por quem é apaixonada desde jovem. Quando a família se mudou para a Itália, continuou no Brasil e foi morar com as tias de Guido, Julieta (Cleide Yáconis) e Viridiana (Eva Todor). Depois que Guido retorna ao Brasil, sua paixão reacende pelo ex-padre, e vai viver uma perigosa relação de amor e ódio com ele.



ELENCO:

Tony Ramos Padre Guido Bellini
Natália do Vale Débora
Reginaldo Faria Cézar Zapata
Maria Zilda Bethlem Walkíria
Felipe Folgosi Aleph
Nico Puig Fred
Helena Ranaldi Malena
Patrícia de Sabrit Cacau
Eva Todor Veridiana
Antônio Calloni Bóris
Patrícia Travassos Duda
Gerson Brenner Guto
Sérgio Mamberti Popô
Cleyde Yáconis Julieta
Rita Guedes Pinky
Sérgio Viotti Jorginho
Tony Tornado Gilberto
Cristina Prochaska Elza
Iara Jamra Telma
Fábio Junqueira Ramos
Emiliano Queiroz Desconhecido
Rosita Thomaz Lopes Dinah
Patrícia Perrone Tininha
Henrique Farias Borrão
Rodrigo Penna J.C.
Bel Kutner Júlia Grilo
Danielle Winits Dominique
Thales Pan Chacon Patrício
Petrônio Gontijo Marco
Lyla Collares Lana
Dill Costa Léa
Fernando Almeida Bastião
Felipe Pinheiro Bob Walter
Alessandra Negrini Clara
Selton Mello Juca
Rodrigo Santoro Pedro
Marcelo Gonçalves Dino
Nani Venâncio Luana
Tadeu Aguiar Lima
Mário Gomes Bruno
Jorge Dória Átila

e mais:
 
Monah Delacy - Lenira
Paulo José - Menelau Zapata
Stênio Garcia - Armando
Sérgio Britto - Padre João
Marcos Paulo - Otávio (marido de Débora)
Ítalo Rossi - Ferreira
Arduino Colassanti - Padre Inácio
 
 

 TRILHA SONORA:

"Gênese" - Paulo Ricardo e RPM
"Agora Ou Jamais" - Tigres de Bengala
"Oração de Amor" - Paula Morelembaum
"Fúria e Folia" - Barão Vermelho
"Homem Que Sabia Demais" - Skank
"Magnificat" - Rútila Máquina (tema de abertura)
"Submundo Vaticano" - Lulu Santos
"Down Em Mim" - Edson Cordeiro
"Deus Apareça na Televisão" - Kid Abelha
"Será Que Sou Eu" - Paulinho Moska
"Não Tem Solução" - Zizi Possi
"Toda Noite" - Edmon
"Por Toda Parte" - Franco Perini
"What's Up" - 4 Non Blondes
"Boom Shack-a-Lak" - Apache Indian
"Boy, You're The One" - Trinere
"Informer" - Snow
"How You Gonna See Me Now" - Easy Rider
"Vas-Y Vas-Y" - Isabelle Camille
"To Be With You" - Mc RNT
"Step It Up" - Stereo MCs
"A Million Love Songs" - Take That
"Regret" - New Order
"Cose Della Vita" - Eros Ramazzotti
"Merry-go-round" - Deborah Blando
"Ça C'est Paris" - Gilbert
"Are You Ready To Fly" - Rozalla
 
 
 
DÉBORA (Natália do Vale):
 
Escritora judia bem-sucedida. É viúva de Otávio (Marcos Paulo), com quem teve Alef (Felipe Folgosi), jovem considerado esquizofrênico pela família. Débora se sente culpada pela morte do marido: os dois discutiam no carro, e um acidente o vitimou fatalmente. Ao procurar a ajuda de um especialista em paranormalidade para seu filho, Débora se envolve com Guido (Tony Ramos). Mas seu amor é disputado por César Zapata (Reginaldo Faria).
 


sábado, 27 de fevereiro de 2016

"O Lobo do Amor" é o novo título da novela de Maria Adelaide Amaral

          Antes chamada de "Sagrada Família", a nova novela de Maria Adelaide Amaral e Vicent Villari agora se chama "O Lobo do Amor". Vale lembrar que o primeiro título da novela foi "A Mais Forte".

         A trama, que terá a política como um dos temas, tem nomes reservados como Reynaldo Gianecchini, Grazi Massafera, Claudia Raia, Claudia Abreu, Vera Holtz, José Mayer, Natália do Vale, Maria Flor, Isabella Santoni, Heloísa Perissé, Irandhir Santos, Tuca Andrada, Camila Morgado, Giulia Gam, Otávio Augusto, Emanuelle Araújo, Ricardo Tozzi, Mayana Neiva, Bianca Muller, entre muitos outros.

         "O Lobo do Amor" tem previsão de estreia para outubro, ocupando o lugar de "Velho Chico", que estreia no dia 14 de março, substituindo "A Regra do Jogo".

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

1990 - Delegacia de Mulheres

Delegacia de Mulheres é um seriado brasileiro de 18 episódios, exibido pela Rede Globo  entre 27 de março e 25 de julho de 1990. A criação e supervisão foi de Maria Carmem Barbosa  e Patrícia Travassos.

          Escrito por Patrycia Travassos, Miguel Falabella,  Charles Peixoto, Geraldo Carneiro, Luís Carlos Góes e Ronaldo Santos e supervisionado por Maria Carmem Barbosa.


       Direção de Wolf Maya, Denise Saraceni e Del Rangel. Núcleo de Wolf Maya.


SINOPSE:

          A rotina de uma delegacia voltada exclusivamente à mulher, com seus problemas e a luta para defender seus direitos. Lá trabalham a delegada Celeste, as detetives Belinha, Marineide, Ruth Baiana e Rosiclair, a assistente social Paula Pinto, a escrivã Adelaide e a radialista Luli Saraiva.

          Cada uma delas simboliza um atributo feminino: sabedoria, beleza, força, eficiência, esforço, ilusão, intuição e senso de realidade.

ELENCO: 

Eloísa Mafalda - Celeste
Zilda Cardoso - Adelaide
Lúcia Veríssimo - Marineide
Cininha de Paula - Rosiclair
Mayara Magri - Belinha
Cissa Guimarães - Luli Saraiva
Stella Miranda - Paula Pinto
Susana Vieira - Ruth Baiana
Marcos Paulo - Zé Paulo
Christiana Guinle - Walderez
Tereza Pifer - Sueli

 Natália do Vale: Participação Especial
 epsódio: Elas Não Usam Black Tie

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

1989 - Que Rei Sou Eu?

         Que Rei Sou Eu? é uma telenovela brasileira do gênero capa e espada produzida e exibida pela Rede Globo no tradicional horário das 19 horas, entre 13 de fevereiro e 15 de setembro  de 1989, em 185 capítulos, substituindo Bebê a Bordo e sendo substituída porTop Model.

          Foi escrita por Cassiano Gabus Mendes com colaboração de Luís Carlos Fusco e direção de Jorge Fernando, Mário Márcio Bandarra, Fábio Sabag e Lucas Bueno. Vários atores foram convidados, mas não puderam fazer parte do elenco, como: Nuno Leal Maya, Luis Gustavo, Rosana Garcia.

          Contou com Edson Celulari, Giulia Gam, Natália do Vale, Daniel Filho, Tereza Rachel,  Cláudia Abreu, Stênio Garcia, Aracy Balabanian, Tato Gabus Mendes, Jorge Dória, Antônio Abujamra, Ítala Nandi, Carlos Augusto Strazzer, Oswaldo Loureiro, John Herbert, Laerte Morrone, Vera Holtz e Marieta Severo nos papéis principais da trama.



SINOPSE:

          O ano é 1786, três anos antes da Revolução Francesa. Após a morte do rei Petrus II (Gianfrancesco Guarnieri), o trono do reino de Avilan é assumido pela rainha Valentine (Tereza Rachel), uma histérica que não estava preparada para o governo. No entanto, em seu testamento, o falecido rei revela haver deixado um filho bastardo, que teve com a camponesa Maria Fromet (Aracy Balabanian), e seria o herdeiro do trono.

            A rainha Valentine é dominada pelos conselheiros reais: Crespy Aubriet (Carlos Augusto Strazzer), Gaston Marny (Oswaldo Loureiro), Bidet Lambert (John Herbert), Gerárd Laugier (Laerte Morrone) e o cruel conselheiro-chefe Vanolli Berval (Jorge Dória), que com seu jogo de cintura comandam completamente a rainha.


          O único conselheiro honesto de Avilan é Bergeron Bouchet (Daniel Filho), que sofre com o assédio de Valentine. Ele é casado com a bela Madeleine (Marieta Severo), a única mulher do reino que sabe escrever, e tem ideais feministas. Madeleine é objeto do desejo de Ravengar (Antonio Abujamra), o bruxo da corte.

            Na ausência do sucessor do trono, os conselheiros reais coroam o mendigo Pichot (Tato Gabus Mendes) como rei, como se fosse o verdadeiro filho de Petrus II. A armação é obra do misterioso Ravengar, o feiticeiro.



           Porém, há uma conspiração entre a classe pobre de Avilan, que busca derrubar o governo para instituir uma sociedade menos opressiva, já que o reino é corroído pela corrupção de seus governantes e injustiças sociais.

          Dentre eles está Loulou Lion (Itala Nandi), a dona de uma taberna que sabe a verdade sobre o filho do rei; e Corcoran (Stênio Garcia), o bobo da corte, que é um rebelde infiltrado no palácio.

            Mas o líder da revolução é Jean Piérre (Edson Celulari), que, ao descobrir que é o filho bastardo do rei, passa a lutar pela coroa que lhe pertence. Todavia, não só de heroísmo sobrevive Jean Piérre. Sua luta é entremeada por duas mulheres apaixonadas: a jovem idealista Aline (Giulia Gam), e a nobre Suzanne (Natália do Vale), a bela esposa do conselheiro Vanolli Berval, que disputam o seu amor.


ELENCO

Edson Celulari - Jean Piérre
Giulia Gam - Aline
Tato Gabus Mendes - Pichot/Lucien Élan 
Cláudia Abreu - Princesa Juliette
Antônio Abujamra - Mestre Ravengar
Daniel Filho - Bergeron Bouchet/André Barral
Marieta Severo - Madeleine Bouchet
Tereza Rachel - Rainha Valentine
Natália do Vale - Suzanne Webert
Jorge Dória - Vanolli Berval
Vera Holtz - Fanny
Stênio Garcia - Corcoran
Ítala Nandi - Loulou Lion
Carlos Augusto Strazzer - Crespy Aubriet
Oswaldo Loureiro - Gaston Marny
John Herbert - Bidet Lambert
Laerte Morrone - Gérard Laugier
Aracy Balabanian - Maria Fromet/Lenore Gaillard
Guilherme Leme - Roland Barral
Edney Giovenazzi - François Gaillard
Zilka Salaberry - Gaby
Ísis de Oliveira - Lucy Laugier
Paulo César Grande - Bertrand
Mila Moreira - Zmirá
Fábio Sabag - Roger Vebert
Cristina Prochaska - Charlotte
Marcelo Picchi - Micheli
Cinira Camargo - Lily
Carla Daniel - Cozette
Marcos Breda - Pimpim
José Carlos Sanches - Balesteros
Totia Meirelles - Monah
Desireé Vignolli - Denise
Luiz Magnelliarauto - Arnúbio
Melise Maia - Janine
Hilda Rebello - Alana
Maria Cardoso - aia da Rainha
Soraya Ravenle - Anete
Ana Borges - moça da taberna
Cacá Barrete - Vadi
José Carlos de Souza - soldado
Nádia Nardini - Maria Fromet(jovem)
Tony Nardini - Godard
Anko Valle - soldado
Deborah Catallani - Camille (moça da taberna)
Marcia Rêgo Monteiro - moça da taberna
Alberto Baruque - soldado
Sandro Rilho - soldado
Dercy Gonçalves - Baronesa Lenilda Eknésia
Gianfrancesco Guarnieri - Rei Petrus II
Carlos Kroeber - Dom Curro de la Grana
Betty Gofman - Princesa Ingrid
Antônio Pedro - Barão Vonlonche 
Eva Wilma - Marquesa D'Anjou
Luís Gustavo - Charles Miller
Ilka Soares - Marquesa de Loredan
Paulo César Pereio - soldado que mata Vanoli 
Jorge Fernando - soldado
Chico Anysio - Taji Namas
Yolanda Cardoso - Miruska
Ítalo Rossi - Marquês de Castilha
Catalina Bonaki - Baronesa de La Rochelle
Francisco Dantas - Barão de La Rochelle
Milton Gonçalves - Barão Herr Whisky
Monique Lafond - Marquesa
Tonico Pereira - soldado
Emiliano Queiroz - La Roche
Older Cazarré - Marquês
Heloísa Helena (atriz) - Cocote
Ivan Setta - soldado
Lia Farrel - cortesã
Henriqueta Brieba
Lícia Magna - 
João Signorelli - bandido Campot
Marcus Alvisi - verdureiro Bergin
Roberto Dinamite - Bobby Dynamite
Tuca Andrada - ferreiro 
Carlos Kurt - ferreiro Dupont


TRILHA SONORA

"Nossa luz" - Fagner
"Chama" - Roupa Nova
"Medieval 2" - Léo Jaime 
"Renascer" - Zizi Possi
"Espanhola" - Ropua Nova
"Nunca é tarde pra sonhar" - Eddy Benedict
"Cigana" - Carla Daniel 
"Rap do rei" - Luni
"Bye bye tristeza" - Sandra de Sá
"As muralhas do teu quart0" - Wando
"Finge que não falou" - Nico Rezende
"A dama e o vagabundo" - Zé Lourenço 
"Raça de heróis" - Guilherme Arantes
"Flecha" - Sagrado Coração da Terra
"Que rei sou eu?" - Eduardo Dusek & Luni
"Eternal flame" - Bangles
"How can I go on?" - Freddie Mercury 
"Someday we'll be together" - Santa Fé 
"Bamboleo" - Gipsy Kings 
"I'll always love you" - Taylor Dayne
"Les chemins d'amour" - Matisse
"Orinoco flow" - Enya 
"Especially for You" - Kylie Minogue
"Like a child" - Noel 
"Let the river run" - Carly Simon
"Turn turn turn" - Herrey's
"When I fall in love" - Lil Consant 
"American bars" - Leo Robinson 
"Patience" - Guns N'Roses 


SUZANNE WEBERT (Natália do Vale)

Filha única de Roger Webert (Fabio Sabag). Para salvar o pai da falência, concorda em se casar com Vanoli (Jorge Dória). Faz sucesso na corte e se desespera com a proximidade do casamento, principalmente depois que conhece Jean Pierre (Edson Celulari), por quem se apaixona.